Então e porquê Crónicas da Barriga? Porque era o nome do blog que queria ter escrito durante a gravidez. Ainda vou a tempo? Não, a miúda tinha quase 4 meses quando o blog começou. E então? Então, nada!
7.1.09

Há um ano atrás, ainda a M. era um cavalo-marinho na minha barriga, andávamos num processo louco de decidir se íamos ou não para Genève.

 

Ofereceram-me uma posição que me interessava, mas que surgiu numa altura estranha: tínhamos acabado de nos mudar para a casa nova, casa essa que era (e ainda é) um investimento jeitoso, eu estava grávida de pouco mais de três meses e o J. andava em vias de mudar de rumo profissional.

 

A tomada de decisão envolveu discussões acaloradas não só entre nós, como com outras pessoas (os meus pais, que sempre acharam a ideia excelente, mudaram de ideias perante a perspectiva de ficarem longe do neto), visitas de estudo a Genève, trocas de e-mails com amigos de amigos que lá vivem e muita, muita, mas mesmo muita ansiedade.

 

A proposta levou-me a antecipar o momento em que disse à minha chefe funcional (americana, mãe de quatro filhos e recém- chegada à Europa) que estava grávida, o que também motivou algumas alterações dos planos: a irmos, a mudança ficaria para Outubro, no final da minha licença de maternidade.

 

Só em Fevereiro tomámos a decisão final de não aceitar: entre a parte financeira que não era excelente, as incertezas quanto à carreira do J. e a chegada de um bebé, os "contras" ganhavam.

 

E agora, embora com pena pela oportunidade perdida (mas com a certeza que outras virão), tenho a convicção que fizémos a escolha certa: a família e amigos podem gozar os primeiros tempos da M., ela não vai andar a berrar "maman, maman" e nós não nos sentimos como náufragos à deriva no mar (ainda por cima, um mar cheio de suiços).

Por R, às 11:51  comentar

Sobre a M.
Nascida a 4 de Julho de 2008, com 3,880 kg, 50 cm e as maiores bochechas do mundo.
Sobre o P.
Chegou a 24 de Setembro de 2010, com 3,380 kg, 48 cm e os olhos mais doces do mundo.
RSS
blogs SAPO