Então e porquê Crónicas da Barriga? Porque era o nome do blog que queria ter escrito durante a gravidez. Ainda vou a tempo? Não, a miúda tinha quase 4 meses quando o blog começou. E então? Então, nada!
24.2.09

Depois do episódio "tirar cartão do cidadão" seguiu-se ontem a sequela "levantar cartão do cidadão".

 

Há que explicar que o J. já tinha ido à Loja do Cidadão para levantar o dito documento e, após duas horas de espera (com direito a ir almoçar e voltar), disseram-lhe que "a presença da menor é obrigatória". Vou-me abster de relatar a sequência do diálogo por me parecer ser evidente e, além disso, pouco própria para este fórum. Mas vale a pena esclarecer que a demora deve-se ao facto de levantar o cartão do cidadão ser todo um ritual, que envolve marcação de códigos numa máquina tipo multibanco, bloqueamento do sistema informático por diversas vezes e montanhas de pessoas a mandar vir com o tempo de espera.

 

Ao fim de quase um mês e tal, resolvemos aproveitar o facto de termos saído cedo para pegar na M. e partirmos com a missão de não voltar sem o cartão de cidadão.

 

O primeiro problema foi que, além de nós, metade dos casais com bebés que precisaram do cartão de cidadão resolveram ir ontem tirá-lo ou levantá-lo. Portanto, havia fila de espera para a malta das prioridades.

 

Depois, o sistema, de facto, bloqueia. Várias vezes. Muito tempo. Demasiadas vezes.

 

A Elsa - simpatiquíssima funcionária que se esforçava por manter o bom humor naquele clima gerador de esgotamento nervosos - estava já a desesperar quando sentámos a M. na mesa e os olhos gigantes da minha filha se fixaram nela. Entre os sorrisos, o palrar e a M. a abanar-se toda, a Elsa ganhou nova vida e o sistema finalmente desbloqueou. 

 

Saímos de lá com o cartão do cidadão e deixei a promessa de levar a M. todos os dias cinco minutos de manhã e cinco minutos à tarde para levantar o moral das tropas.

Por R, às 22:21  comentar

De Antes assim... a 25 de Fevereiro de 2009 às 10:45
Se toda a função publica descobre esse "poder" da tua filhota estás tramada!!!!
Beijinhos

De R a 25 de Fevereiro de 2009 às 21:16
Se ajudar no combate à crise, eu estou disposta a fazer esse esforço :-)

Sobre a M.
Nascida a 4 de Julho de 2008, com 3,880 kg, 50 cm e as maiores bochechas do mundo.
Sobre o P.
Chegou a 24 de Setembro de 2010, com 3,380 kg, 48 cm e os olhos mais doces do mundo.
RSS
blogs SAPO