Então e porquê Crónicas da Barriga? Porque era o nome do blog que queria ter escrito durante a gravidez. Ainda vou a tempo? Não, a miúda tinha quase 4 meses quando o blog começou. E então? Então, nada!
24.1.11

O P. faz hoje quatro meses.

 

Na altura da M., eu estaria hoje mesmo a voltar ao trabalho, coisa que, neste momento, me custa imaginar. É que, além do sorriso gigante do P., agora vou deixar também para trás as maluqueiras da M. quando chegar o fim da licença de maternidade ("Mamã, não vai pó tabaio. Fica, mamã, fica.").

 

Cheia de mixed feelings, vou começando a responder a alguns e-mails, trabalhando para criar o stock de leite e anotando compromissos na minha agenda. Mas parou-me o coração quando recebi um e-mail sobre uma reunião de dois dias em Madrid no início de Março. Não, desculpem lá, eu até gosto do meu trabalho, preciso de ver pessoas adultas e ficar umas horas sem mudar fraldas, mas regresso ao trabalho em versão terapia de choque não dá mesmo. Estou a preparar mentalmente o e-mail para o chefe, desculpa lá, mas estou a breastfeeding e por enquanto não posso ficar fora uma noite, will fly in the morning of the second day, adeus e um queijo, assim mesmo, em registo de informação e não com tom delico-doce de pedido, não vá o homem não perceber subtilezas.

Por R, às 22:17  comentar

Sobre a M.
Nascida a 4 de Julho de 2008, com 3,880 kg, 50 cm e as maiores bochechas do mundo.
Sobre o P.
Chegou a 24 de Setembro de 2010, com 3,380 kg, 48 cm e os olhos mais doces do mundo.
RSS
blogs SAPO