Então e porquê Crónicas da Barriga? Porque era o nome do blog que queria ter escrito durante a gravidez. Ainda vou a tempo? Não, a miúda tinha quase 4 meses quando o blog começou. E então? Então, nada!
4.11.08

Há quatro meses atrás, a esta hora, estávamos no hospital, eu ligada ao CTG, ele ao meu lado, ambos a confirmar que, sem ajuda, a miúda não se decidia a vir.

 

Entrei no bloco operatório pelo meu pé e a médica anestesista espanhola começou a fazer o seu trabalho, falando sem parar sobre tudo e nada.

 

Deitei-me, deixei de sentir as pernas e comecei a ouvir a voz dos médicos na sala ao lado. Entraram os dois, depois o pediatra e finalmente o futuro pai, de fato descartável azul, qual Dr. McDreamy (mas muito mais sexy).

 

Não sei bem quanto tempo passou, mas às 16.25h, a M. saiu da minha barriga, eu vi o reflexo dela espelhado no projector de luz por cima de mim, ouvi-a chorar e chorei também.

 

Depois, aqueles instantes de confusão: o pai a disparar flashes, o pediatra a fazer medições e afins e a dizer "Isto vai dar muita despesa", os médicos a acabarem, já em amena cavaqueira sobre as férias que se aproximavam e eu a soluçar que nem uma madalena.

 

Ela chegou ao pé de mim ao colo do pai, encostei a minha cara à dela e percebi que agora era a valer.

Por R, às 14:56  comentar

De Zita a 4 de Novembro de 2008 às 15:47
Também tive esse mesmo pensamento no momento em que vi o filhote pela primeira vez: "agora é a sério"

Parabéns

De R a 4 de Novembro de 2008 às 16:13
Obrigada, Zita. Não há dia em que não me lembre desse momento.

De manuela a 4 de Novembro de 2008 às 17:22
muitos parabéns à M.!!!! e aos papis babados!!!!!! muitos e muitos beijinhos

De Anónimo a 6 de Novembro de 2008 às 02:59
Grande mamã,

Vai-nos contando mais "estórias" da nossa sobrinha. Alimenta-nos a alma e ajuda a matar a saudade.

Bjs do tamanho do Atlântico para os 3!

ER

De R a 6 de Novembro de 2008 às 22:18
Beijos cheios de saudades daqui da terrinha!

Sobre a M.
Nascida a 4 de Julho de 2008, com 3,880 kg, 50 cm e as maiores bochechas do mundo.
Sobre o P.
Chegou a 24 de Setembro de 2010, com 3,380 kg, 48 cm e os olhos mais doces do mundo.
RSS
blogs SAPO